Pedir crédito pessoal online: mais rápido e menos burocrático Pedir crédito pessoal online: mais rápido e menos burocrático

Pedir crédito pessoal online: mais rápido e menos burocrático

Caminhamos rapidamente para uma banca online, e pedir um crédito pessoal não é exceção. Ao escolher a instituição certa, o processo é mais simples e rápido, mas igualmente seguro.


Publicado em 23-Ago-2021

Existem muitos motivos para pedir um crédito pessoal, como fazer face a um problema de saúde urgente, por exemplo, ou um gasto inesperado, começar um novo projeto ou conseguir suportar as despesas de educação nesta altura. Cada qual terá os seus motivos, e o mais importante será conseguir chegar a bom porto – ou seja, ao dinheiro na conta – sem surpresas desagradáveis.

A banca online tem crescido muito nos últimos anos e há cada vez mais portugueses que não só usam os meios digitais com maior frequência, como os usam para tratar de todas as operações bancárias – e não apenas para consultar o saldo ou pagar ocasionalmente serviços. Neste capítulo, os pedidos de crédito não são exceção, e se até há pouco tempo eram um feudo reservado para os canais físicos tradicionais, hoje já são uma operação comum online – e os motivos para que isso aconteça não são diferentes dos que explicam o sucesso do e-banking: custos reduzidos, comodidade, simplicidade, rapidez e transparência.

Pedir crédito pessoal online: mais rápido e menos burocrático | Unibanco

Primeiros passos, primeiras vantagens

As vantagens de tratar todo o processo online começam logo na escolha da instituição, até porque assim se consegue realizar um sem-número de simulações, algo que seria evidentemente impossível da forma tradicional, ou seja, dirigindo-se a um balcão e expondo o seu caso. Este é o primeiro passo para conseguir condições mais vantajosas, embora não seja, evidentemente, o único. Mais importante será escolher uma instituição credível, que disponibilize as condições gerais do empréstimo de forma visível e clara. Não vale a pena abdicar destas exigências só para poupar um par de euros mensalmente, sob pena de vir a ter muitas dores de cabeça no futuro.

Ao realizar as primeiras simulações, vai descobrir rapidamente qual a mensalidade a que ficará obrigado a pagar todos os meses, para o montante e prazo escolhidos. O simulador dar-lhe-á também informação relevante sobre as taxas do empréstimo – a TAEG (Taxa Anual de Encargos Efetiva Global) e a TAN (Taxa Anual Nominal) –, bem como o montante total (MTIC – Montante Total Imputado ao Consumidor) que terá de reembolsar à instituição. Porventura, o valor mais importante.

Pedir crédito pessoal online: mais rápido e menos burocrático | Unibanco

A cozinha da família Silva

Imaginemos o caso dos Silva, típica família de mãe, pai, dois filhos e um cão. Os Silva pretendem finalmente arrancar com a remodelação da cozinha em setembro, mas com as despesas das férias no Algarve ainda a cair, e com os encargos do regresso às aulas, decidem pedir um crédito pessoal para cobrir mais esta despesa. O valor necessário será de 5000 euros e, depois de várias simulações, descobrem a proposta do UNIBANCO, na qual ficarão a pagar 222,73 euros – se optarem pelo prazo mínimo possível, de 24 meses, o que lhes parece perfeitamente exequível. Percebem também que ficam a pagar uma TAEG de 9,5 % e uma TAN de 6,250 %, e que no final do empréstimo o montante total que lhes será imputado (o MTIC) é de 5.477,53 euros. Assim simples, claro e imediato. Decidem avançar.

Fazer pedido, passo a passo

Depois da simulação, os Silva deverão preencher um formulário online, inserir os dados pessoais e os documentos solicitados, validar a identidade – o que acontecerá introduzindo um código enviado para o telemóvel – e, basicamente, aguardar a resposta.

Os documentos solicitados foram o cartão de cidadão, a última declaração de IRS, os últimos 3 recibos de vencimento, um comprovativo de morada e um comprovativo de NIB/IBAN. Nada mais, não precisaram sequer de trocar de instituição bancária, nem domiciliar cinco pagamentos por débito direto. Tudo muito simples e que não tardou mais de 30 minutos a carregar.

Uma vez terminado este processo, o pedido será analisado pelos serviços do Unibanco, algo que não demora mais de 48 horas. Naturalmente, este prazo vai depender da instituição contratada, mas no caso do Unibanco esse período é geralmente de 24 horas, 48 no limite.

Por que motivo o crédito pessoal online é tão mais rápido?

O crédito online está sujeito ao mesmo escrutínio e às mesmas garantias do crédito dito tradicional, a diferença está na eliminação da maior parte da burocracia, da papelada a andar para trás e para a frente, na simplificação dos documentos e no facto de se estar a tratar diretamente com quem tem a responsabilidade de fazer essa análise. 

Pedir crédito pessoal online: mais rápido e menos burocrático | Unibanco

O dinheiro está na conta

Uma vez validado o pedido, o valor solicitado também é depositado na conta cliente entre as 24 e as 48 horas e no caso dos Silva foi mesmo no dia seguinte à validação, por isso, entre o pedido de empréstimo e o dinheiro estar creditado, mal tiveram tempo de escolher a cor dos novos armários da cozinha. Mas já os podem encomendar…

Conte com o UNIBANCO

Concretizar um crédito pessoal UNIBANCO é rápido, seguro e muito simples com a adesão 100% digital. Quer avançar? Saiba como.

Por C-Studio / Cofina Media