6 Atividades que pode aprender enquanto está em casa 6 Atividades que pode aprender enquanto está em casa

6 Atividades que pode aprender enquanto está em casa

Estes dias passados em recolhimento podem ser uma boa oportunidade para enriquecer os seus conhecimentos em áreas tão diversas como a fotografia, a jardinagem ou o macramé…


Publicado em 04-Jan-2021

É verdade que existem por esse mundo fora toneladas de cursos e workshops, mas por estes dias a frequência presencial de aulas está “um pouco” dificultada, por isso a solução é recorrer a cursos online para viajar, dar largas a sonhos há muito adiados e ganhar um novo passatempo que pode praticar mesmo dentro de quatro paredes ou no jardim (caso tenha essa sorte) de sua casa. 

Domine a arte de fazer massa fresca com uma nonna italiana 

Esta aula de culinária virtual é ministrada pela Nonna Nerina, uma avó italiana de 84 anos. Recorrendo a receitas de família clássicas Nerina e a sua neta dão aulas de cozinha ao vivo em nonnalive.com. Ao inscrever-se nestas aulas, vai receber uma lista de ingredientes com antecedência suficiente para que possa abastecer-se de tudo o que precisa. Depois é só colocar as mãos na massa porque vai aprender a fazer gnocchi artesanais, uma lasanha perfeita ou a verdadeira pizza napolitana. 

Aulas de fotografia com as melhores fotógrafas mundiais

Já não é a primeira vez que lhe falamos dos cursos da Masterclass, uma plataforma educacional online com sede em São Francisco que tem como principal chamariz o facto de todos os seus professores serem verdadeiras celebridades, com professores como Natalie Portman, Serena Williams, Gordon Ramsay ou Margaret Atwood… Neste caso, poderá recorrer aos serviços de Annie Leibovitz, uma das mais famosas fotógrafas de moda e celebridades do mundo, e a primeira mulher a ser directora de fotografia da famosa revista Rolling Stone. O curso leccionado por Leibovitz inclui 15 aulas em vídeo que incluem lições de iluminação e como tirar os melhores retratos. A oportunidade que há muito esperava para voltar a pegar na sua máquina fotográfica.

Para quem só anda à procura de umas dicas para fotografar a família, no site da National Geographic, a fotógrafa Rebecca Hale conta a sua experiência de confinamento em que teve de tornar interessantes os temas quotidianos, porque por enquanto não pode viajar pelo mundo. Nesse sentido, ensina-nos a usar um smartphone ou tablet, para resolver alguns dos problemas mais comuns na fotografia.

Aprenda uma nova língua

A sonhar com as viagens que fez e que ainda vai fazer? E que tal começar a preparar-se para conversar “tu cá, tu lá” com os habitantes de Kyoto or simplesmente ir às compras a Paris e falar em francês fluente? São várias as apps que pode descarregar para o seu telemóvel e começar a praticar ou mesmo a aprender uma língua do zero. É o caso da Babbel que oferece 14 idiomas, incluindo espanhol, francês, italiano, dinamarquês e russo, e tem desafios diários e podcasts para ouvir ou do Duolingo, que inclui jogos divertidos também para crianças. Para quem procura algo mais completo e abrangente, o Coursera oferece uma variedade de cursos de línguas online para iniciados, enquanto o Tandem é uma ótima maneira de aprender socialmente, já que o coloca em contacto com nativos da língua para praticar.

Da jardinagem ao designer de flores

No site Learning with Experts encontra uma diversidade de cursos de jardinagem, desde um curso que a/o ensina a cultivar uma horta caseira, ensinando a explorar as melhores maneiras de aproveitar ao máximo o potencial do jardim para ter frutas e vegetais ao longo do ano e cursos de design paisagístico com nomes experientes do paisagismo mundial, podendo mesmo aprender a fazer a desenhar de raíz o seu próprio jardim. Os preços a partir de 40 euros permitem que explore bastante este tema, inscrevendo-se em diferentes temáticas.
Para quem quer aprender a fazer arranjos de flores dignos de revista, também há solução. A SkillShare tem um curso de “floral design” leccionado pelo duo Putnam & Putnam, floristas nova-iorquinos que têm entre os seus clientes a atriz Gwyneth Paltrow, o designer de moda Adam Lippes e os armazéns Bergdorf Goodman, e ainda a Vogue e a Harper’s Bazaar.

Liberte o artista que há em si

E por que não dedicar-se às artes plásticas? Pode optar por pintar a aguarela ou aventurar-se no óleo, e tentar dedicar-se a retratos, paisagens ou pintura abstracta. A Udemy, um marketplace global de ensino, oferece aulas de vários níveis e em diversas temáticas. Para quem nunca teve contato com pintura, existe um curso para iniciados que propõe a prática da abstração como um incentivo para libertar a sua criatividade sem a pressão de criar um trabalho “realista”. Desta forma, o curso – que introduz o uso da tinta acrílica: material à base de água, atóxica e uma das tintas mais versáteis e baratas – também incentiva a prática da pintura como meio terapêutico, totalmente livre, sem cobranças, nem stress. E neste momento está com uma oferta de Ano Novo, com preços de 9,99 euros (por cursos que custam habitualmente desde 59,99 euros). Mas são várias as opções na internet, com a vantagem de que, via Zoom, o seu professor – o caso dos workshops de Julie Schumer ou Jessica Pidcock – pode até estar na Califórnia!

Macramé DIY

Útil e relaxante, o macramé está cada vez mais na moda e com os kits “do it yourself” da Pura pode aprender e executar vários trabalhos em casa. A Pura Creative Box, por exemplo, é uma caixa que inclui tudo o que é necessário para fazer o seu próprio suporte para vasos (15 cm de altura e de diâmetro): um guia com o passo a passo a explicar a técnica, cordão 100% algodão nacional e uma argola branca de madeira. Outra caixa tem o material necessário para a criação de um painel de parede em macramé com aproximadamente 30 cm de largura e 45 cm de altura. Para decorar a casa mas, sobretudo, relaxar a mente. Preços €25 e €27, respectivamente.

Por C-Studio / Cofina Media