Man Looking at phone Man Looking at phone

Já chegaram os melhores smartphones do ano

min de leitura

Da Samsung e Xiaomi ao regresso da Nokia, estes são os telemóveis que mais nos impressionaram. E nem todos são caros.


Publicado em 08-Mar-2023

Um telemóvel mais barato não vai obviamente oferecer uma câmara com 200 MP como o novo Samsung Galaxy S23, mas se procurarmos bem, encontramos vários modelos que oferecem atributos em modo suficiente para sentir que temos tudo o que precisamos, por uma fração do preço que custa um topo de gama.

Claro que não há milagres, e quanto mais alto se subir na escada – leia-se no preço −, maior será a rapidez do equipamento, a qualidade de construção ou a sua longevidade. E por longevidade entenda-se ao longo de um dia de trabalho, mas também de uma vida útil, antes de cair na inevitável obsolescência de todos os gadgets. Comecemos então por um destes modelos mais preparados, mas não sem antes lembrar que com o Cartão UNIBANCO podem pagar todas as compras acima dos 300 euros em 3 vezes, sem juros, caso paguem os paguem os fracionamentos na totalidade.

Xiaomi 13 e 13Pro

A Xiaomi acabou de apresentar os seus novos topo de gama, e temos muitas melhorias em relação aos modelos anteriores. A começar pela parceria com a Leica, que passou a estar diretamente envolvida em tudo o que estiver relacionado com fotografia e vídeo. O resultado salda-se por uma melhoria significativa na imagem, mais opções criativas e um ambiente fotográfico mais agradável. Depois, a qualidade de construção subiu uns pontos nestes Xiaomi 13 e não só apresenta (finalmente) rating IP68 como, no caso do Pro, a traseira protegida por uma camada em biocerâmica, um material mais premium e luxuoso, mas definitivamente muito resistente.  Preço: 999,99 e 1399,99 euros

Samsung S23, S23 Plus e S23 Ultra

A Samsung oferece, provavelmente, os smartphones Android mais seguros do mercado. São, pelo menos, os únicos reconhecidos por uma série de agências governamentais pela proteção contra ameaça externas e isso, nesta altura, é um argumento importante. Depois, oferecem aquele que será o design mais bonito ou, como gostos não se discutem, o mais distintivo. Pela primeira vez, também, todos os modelos estão equipados com o melhor processador que existe atualmente para Android, e não só isso, como uma versão “afinada” para trabalhar especificamente com eles.  A câmara saltou ainda para uns impressionantes 200 MP no caso dos Ultra, mas é uma aposta muito forte da Samsung em toda a linha. Há muito que a marca coreana lidera o mercado global de smartphones e não quer deixar os créditos por mão alheias nestes Galaxy S23. Preço: 989,90, 1249,90 e 1449,90 euros

Google Pixel 7 

O Pixel 7 é o smartphone fabricado pela própria Google e apresenta um processador desenvolvido pela própria marca, o Tensor, capaz de realizar alguns truques de IA que ainda não estão ao alcance de outras. Por outro lado há quem lhe aponte a lentidão de carregamento (21W) e quem fale em problemas de construção, mas fora isso está entre os melhores, especialmente ao nível da imagem, e não custa tão caro.  Preço: 616,90 euros

Xiaomi 12T e 12 Pro

A Xiaomi ficou conhecida pelos seus flagship killers, telemóveis com especificações capazes de ombrear com os melhores, mas por um preço inferior. Hoje, a Xiaomi tem os seus próprios flagship, como vimos, mas mantém alguns killers em linha, começando pelo 12T que oferece uma imagem com 108 MP ou carregamento ultrarrápido (120 W e com carregador incluído). Por mais alguns euros encontram ainda o 12T Pro, que oferece 200 MP na câmara principal (a primeira geração do sensor da Samsung que atualmente equipa o S23 Ultra) e o segundo melhor processador para Android. Preço: 549 e 569 euros

Honor 70 

O Honor 70 foi eleito pelos EISA Awards como o smartphone com melhor relação Qualidade/Preço para 2022/2023, e isso resume bem o seu valor. A Honor foi uma marca criada pela Huawei para ser a sua versão low-cost, mas, entretanto, tornou-se independente, manteve o sistema Android e subiu uns quantos patamares. Preço: 449 euros

OnePlus Nord 2T 5G

Por este preço, a OnePlus já oferece uma câmara quase de topo, assim como 80 W de carregamento ultrarrápido. Algo que muitos dos modelos mais caros nem o fazem. É verdade que não tem ratings IP (contra água e poeira), nem carregamento wireless, mas é basicamente o que falta. Preço: 379,00 euros

Nokia G60 

O G60 é um grande telemóvel, com um rápido processador Snapdragon, boas câmaras, 5G e ecrã de 120Hz. Será um upgrade em termos de funcionalidade e potência relativamente ao G22, descrito em baixo, mas ainda sem a opção de QuickFix. Ainda assim será um dos telemóveis mais preocupados com o ambiente e que usa mais plásticos reciclados. Preço: 284,00 euros

Nokia G22 

O G22 estreia o sistema QuickFix, uma abordagem muito mais económica e sustentável ao mundo dos telemóveis. Desde logo porque permite aos proprietários substituir facilmente o ecrã, uma porta de carregamento ou bateria danificados. Basta visitar a loja ifixit e adquirir as peças, que o resto é muito simples. Preço: 190 euros

Samsung A13 

O A13 não se destaca particularmente em nenhum campo, mas tem um ecrã claro e nítido, mesmo em condições de luz solar direta. Uma boa máquina fotográfica e rapidez de processamento. Oferece, além disso, quatro anos de updates garantidos pela Samsung e o mesmo grau de segurança dos telemóveis mais caros da marca. Encontrar tudo isto por este preço só num modelo: este. Preço: 189,90 euros.

Por C-Studio / Cofina Media

Club7, mais do que um clube

Club7, mais do que um clube

Carolina Melo Duarte e Bruno Nunes contam como foi transformar um santuário de bem-estar em algo ainda mais completo e único.