As melhores <i>apps</i> para visitar uma cidade As melhores <i>apps</i> para visitar uma cidade

As melhores apps para visitar uma cidade

min de leitura

Dependemos cada vez mais dos nossos telemóveis quando estamos em viagem, mas com estas aplicações podemos realmente aproveitar toda a ajuda.


Publicado em 10-Ago-2023

As aplicações de viagem são uma excelente ajuda para decidir e planear a próxima viagem, descobrir os voos e marcar os hotéis. Mas e quando se chega ao destino? Nessa altura, temos mais uma série de apps que nos ajudam a navegar pelas armadilhas e pela falta de conhecimento, garantindo que assim temos mesmo a melhor experiência nas férias.

Meetup

A Meetup está desenhada para juntar pessoas com os mesmos interesses em qualquer parte do mundo. Assim, turistas que gostem especialmente de fotografia, culinária, provas de vinhos, ioga, caminhadas – o que quiserem −, podem descobrir grupos iguais e até participar em eventos locais. Particularmente útil para famílias com crianças, que podem assim descobrir atividades que de outra forma lhes escapariam facilmente, e, naturalmente, para todos os viajantes a solo é uma excelente forma de conhecer e fazer amigos com quem já se sabe ter pontos em comum.

A aplicação mostra os grupos que existem na cidade, depois é só ver se fazem match. Há até grupos destinados a negócios, pelo que mesmo nestas viagens pode ser particularmente útil.

Explorial

As melhores apps para visitar uma cidade | Unibanco

A “gamificação” também já chegou às apps de viagem, e é isso que a Explorial promete: uma série de trívia e puzzles para resolver, enquanto se descobre a cidade. Será uma excelente forma de envolver e entusiasmar toda a gente – sobretudo os mais novos, que tantas vezes se “cansam” nestas andanças. Assim, entramos praticamente numa escape room, com a diferença de que a room é todo um percurso pela cidade. A ideia surgiu entre dois amigos, de visita a Praga, e a app está pensada para ser jogada em grupo, o que estimula ainda mais a competição. A aplicação é grátis, mas cada jogo/percurso tem um custo de 6,99 euros por pessoa. Existem atualmente mais de 50, em capitais como Londres, Madrid, Paris ou Cidade do México, e cidades como Montréal, Melbourne, Marselha, Málaga, Barcelona, Valência, Colmar, São Paulo… No nosso país, a oferta é particularmente boa, de Braga a Évora, passando pelo Porto, Coimbra, Óbidos, Lisboa e Cascais e Sintra. Nada como experimentar.

WiFi Map

As melhores apps para visitar uma cidade | Unibanco

Qualquer turista já passou pela experiência de ver a conta da operadora disparar com custos de roaming. Sempre que se sai da União Europeia temos o mesmo problema e a única alternativa para não ficar desligado é o wi-fi. A WiFi Map tem mais de 100 milhões de hotspots gratuitos armazenados, assim como as suas passwords, e é muito fácil encontrar as direções para qualquer um deles. Os mapas devem ser obviamente descarregados, para não ter esse custo acrescido.

The Fork, Open Table

As melhores apps para visitar uma cidade | Unibanco

“Onde vamos comer?” será, provavelmente, a dúvida mais frequente em viagens. Num local que não conhecemos, mas onde gostaríamos de ter as melhores experiências, como eleger um restaurante? Pode-se obviamente pesquisar na net, perguntar no hotel ou aos locais. A outra opção é consultar as aplicações do The Fork ou da Open Table, que permitem selecionar os restaurantes por tipo de comida, localização, classificação, etc. Em ambas se pode até comer com desconto, em restaurantes selecionados, e ir acumulando pontos. A The Fork será mais forte na Europa, e a Open fora dela, mas juntas cobrem praticamente o mundo.

Translation App

As melhores apps para visitar uma cidade | Unibanco

Não é necessário estar na China ou na Grécia para nos “perdermos na tradução”.  A Google Translate é uma app muito simples de utilizar, e pode traduzir a partir de várias fontes, como escrita, fotografia ou voz.  Oferece mais de 100 línguas que podem ser descarregadas, para não ter de recorrer à internet e ao roaming. A Microsoft e a Apple também oferecem serviços semelhantes.

Google Maps

As melhores apps para visitar uma cidade | Unibanco
Lupeni, Romania - April 10, 2013: White iPhone 5 with Google Maps app on the screen. Google Maps is a web mapping service application provided by Google. Apple iPhone is a smartphone produced my Apple.

Lupeni, Romania - April 10, 2013: White iPhone 5 with Google Maps app on the screen. Google Maps is a web mapping service application provided by Google. Apple iPhone is a smartphone produced my Apple.

Last but not least, a app que estava certamente na cabeça de todos. A Google Maps tornou-se essencial para visitar qualquer cidade, tal como é essencial em casa.  Com ela é possível referenciar locais no mapa, descobrir o melhor caminho, de automóvel, a pé, ou de transportes públicos e privados, Descobrir restaurantes, atrações, farmácias, e outros serviços úteis em qualquer ponto do mapa. E, evidentemente, permite guardar tudo isso para que se possa consultar mesmo quando se está fora da União Europeia e não se quer pagar mais taxas de roaming.

Citymapper e Moovit

As melhores apps para visitar uma cidade | Unibanco

Afinal não era a última. Mas não seria possível falar destas sem fazer esta comparação porque, apesar de a Google Maps ser muito útil, como vimos, a Citymapper e Moovit focam-se mais – e melhor – em meios de transporte públicos, que será muito provavelmente a opção de eleição lá fora. São ambas mais úteis para perceber os horários em tempo real ou se existe qualquer distúrbio, como greves, obras ou outras. A Citymapper envia inclusivamente um alerta quando chega à paragem e, neste caso em Lisboa, até informa o número de bicicletas GIRA em qualquer estação. Porque além dos transportes públicos, estas duas aplicações centram-se muito também nestes novos meios de “mobilidade suave”. E as duas rodas são bem capazes de ser a melhor forma de conhecer uma cidade.

Por C-Studio / Cofina Media

Club7, mais do que um clube

Club7, mais do que um clube

Carolina Melo Duarte e Bruno Nunes contam como foi transformar um santuário de bem-estar em algo ainda mais completo e único.