Jardins Abertos: um festival de natureza Jardins Abertos: um festival de natureza

Jardins Abertos: um festival de natureza

min de leitura

Jardins pequenos e grandes, públicos e privados, mas todos de portas abertas para nos receber por estes dias, em que natureza se veste de verde e dourado.


Publicado em 16-Out-2020

Não se espante se os placares publicitários de Lisboa se encherem de plantas e curiosidades sobre elas este fim de semana. É só um convite para vir visitar e descobrir, ao vivo e em todas as magníficas tonalidades de cores, os Jardins Abertos, um festival que abre gratuitamente os jardins de Lisboa!

O Sapal do estuário do Tejo, o Parque Botânico do Monteiro-Mor, o Telhado Verde da Fábrica de Água de Alcântara, o British Cemetery, os dois jardins botânicos, o Tropical e da Ajuda, um passeio pela biodioversidade do Monsanto ou a Estufa Fria são apenas alguns desses exemplos, numa edição com ainda mais jardins, e que se insere nas comemorações de Lisboa, Capital Verde Europeia 2020.  

Assim, ao longo dos próximos dias 17, 18, 24 e 25 poderemos visitar estes e muitos outros jardins, livremente ou em visitas guiadas, e participar em atividades para toda a família ou descobrir iniciativas como as Varandas Verdes, que junta vizinhos numa ação colaborativa de plantio que, nesta edição, vai criar quatro novos jardins verticais nas fachadas da cidade.

Todas as entradas são gratuitas, mas será necessário reservar certas atividades. Pode consultar o programa completo aqui.

O sucesso do festival tem sido muito fácil de medir pelo número de participantes, que passaram de 3 mil, na primeira edição realizada em 2017, para os 25 mil da edição do ano passado. Em 2018 foi estabelecida uma parceria com a Câmara Municipal de Lisboa, que permitiu alargar a programação a atividades pedagógicas e culturais para todas as idades. No ano seguinte chegou a vez do Presidente da República se associar, concedendo o Alto Patrocínio ao projeto. Em 2019 ficou também estabelecido o atual formato em duas edições anuais, uma de primavera e outra de outono. Esta. Os portões estão abertos: do que está à espera para vir descobrir os jardins mais bonitos da cidade?

Por C-Studio / Cofina Media