15 enoturismos para o verão 15 enoturismos para o verão

15 enoturismos para o verão

min de leitura

Com a época das vindimas a começar, é tempo de rumar a um destino onde o vinho é rei. Até porque há cada vez mais e melhores enoturismos para desfrutar.


Publicado em 17-Ago-2022

É cada vez mais fácil encontrar programas para todos os gostos, que somam à apanha da uva, visitas às adegas, provas de vinhos e almoços ou jantares enogastronómicos. Por vezes em plena vinha ou nas caves.

Muitos são planeados para um dia apenas, mas também não é difícil encontrar espaços cuja oferta vai muito para além das vindimas, com oferta de alojamento, somando assim uma noite de descanso para continuar a experiência no dia seguinte.

Para os amantes do vinho, são programas ideais para fazer com amigos ou família, e ficar a conhecer de perto os vinhos de uma quinta ou os produtores de determinada região. A crescente procura por este tipo de turismo assim o prova, tal com a oferta, que não para de crescer. Em número e qualidade. Se não, vejamos…

Quinta da Côrte

15 enoturismos para o verão | Unibanco

Esta é a história de uma antiga quinta do Douro, e de um francês, que por ela se apaixonou em 2012. Philippe Austruy já possuía vinhas em França e Itália, e desde então que dedicou boa parte do seu saber e riqueza a recuperar esta Quinta da Côrte, perto de Valença do Douro. Uma renovação que incluiu as vinhas – desde então tanto os Porto como os Douro DOC já receberam vários prémios e menções internacionais – e a vertente de enoturismo − para a qual não hesitou em chamar um dos mais requisitados designers de interiores franceses, Pierre Yovanovitch. O resultado é uma visão arquitetonicamente arrojada, mas perfeitamente enraizada na tradição local. Tanto na casa, que possui oito quartos, como nas duas adegas. Posto isto, há sempre algo preparado para os visitantes fazerem na vinha, a poda ou enxertia, e as vindimas, claro, nesta altura do ano. Também se podem inscrever em workshops vínicos ou optar por outros passeios turísticos. Oferta não falta.

Quinta de Chocapalha

15 enoturismos para o verão | Unibanco

Localizada na histórica aldeia galega da Merceana, a 45 minutos de Lisboa, a Quinta da Chocapalha está habituada a receber visitas o ano inteiro, mas estes dias quentes de agosto e setembro vão saber ainda melhor passados entre os vinhos, as histórias e os aromas da Chocapalha. O programa “Terroir of Chocapalha” inclui uma prova de quatro vinhos, incluindo dois topos de gama, acompanhada por charcutaria regional, e uma visita privada às vinhas, à adega e à sala de barricas. Sempre acompanhados por um elemento da família, porque esta quinta é, antes de mais, um projeto familiar.

Quinta de Santa Teresa

15 enoturismos para o verão | Unibanco

Situada ainda na região dos vinhos verdes, e oferecendo uma vista panorâmica sobre o vale do Douro, a Quinta de Santa Teresa convida para um piquenique apaixonante entre jardins, lagos, piscina e um bosque centenário. Da cesta fazem parte os vinhos biológicos produzidos na quinta, bem como os melhores sabores da região de Baião. Trata-se apenas um dos 5 programas de enoturismo desta quinta, pertencente à A&D Wines, onde os preços começam nos 15 euros por pessoa.

Morgado do Quintão

15 enoturismos para o verão | Unibanco

O Algarve está cheio de alojamentos turísticos, mas nenhum exatamente como o Morgado do Quintão. Quatro casas rústicas e cheias de charme, num dos grandes responsáveis pelo renascimento da vinha no Algarve. E, para esta altura do ano, estão preparadas várias surpresas, como uma tour pela herdade, com provas incluídas, ou a Farmers Table − mesa que tanto pode ser montada debaixo de uma oliveira de 2000 anos, ao lado das vinhas velhas de Negra Mole, ou no lagar vintage de azeite da propriedade. Um almoço naturalmente acompanhado com os vinhos MdQ.
Mas a principal extravagância será o CAMP, um evento de três dias com música (Carminho e Mário Laginha), palestras e muito boa disposição.

Quinta Nova de Nossa Senhora do Carmo e Taboadella

15 enoturismos para o verão | Unibanco

Entre o Dão e o Douro, a Taboadella e a Quinta nova dividem os proprietários – a família Amorim – e muitas experiências gastronómicas, programas de vindimas, workshops e provas, claro, até porque em ambas é possível degustar os vinhos da outra. Claro que a Quinta Nova oferece um dos mais charmosos hotéis do Douro, mas a Taboadella tem um dos mais antigos vestígios de vinificação no Dão, um lagar construído num penedo monolítico de natureza rupestre, que contrasta na perfeição com arquitetura contemporânea da adega, acabada de construir em madeira e cortiça. Antes de escolher, o melhor será visitar as duas, porque também há um programa que o contempla. Mais informações no site da Taboadella e da Quinta Nova.

Cinco programas de vindimas na região dos Vinhos do Tejo

15 enoturismos para o verão | Unibanco

A região dos Vinhos do Tejo oferece uma série de programas vínicos nesta altura do ano. Com a comodidade de estarem apenas a uma hora da capital. Temos assim produtores como a Adega do Cartaxo, Casa Paciência, Quinta da Atela, Quinta São João Batista ou Encosta Sobral, que vão abrir as suas portas e ensinar a arte de vindimar.
A Adega do Cartaxo oferece a opção mais democrática, a partir de 5 euros, com direito a visita a adega, explicação de todo o processo e prova comentada. Por mais 25 euros, já se pode visitar as vinhas, participar na vindima e almoçar. A maior parte dos outros produtores oferecem uma experiência semelhante, sempre com um kit de vindima (composto por chapéu de palha e t-shirt) posto, e talvez até mais completa. Na Casa Paciência, por exemplo, pode ser possível saltar para um lagar e participar na tradicional pisa a pé. Quem pretender ficar pela região, encontra um lugar privilegiado para o fazer numa destas quintas, a da Atela, distinguida com o premio de melhor enoturismo da região.  

Quinta do Seixo

15 enoturismos para o verão | Unibanco

A Quinta do Seixo, uma das mais antigas e emblemáticas do Douro, onde nascem os Porto da Sandeman, oferece agora um Percurso da Biodiversidade para provar como os melhores vinhos se fazem em harmonia com a natureza.
Uma suave caminhada, que revela as melhores práticas de conservação da natureza, dos ecossistemas e da biodiversidade locais, em plena vinha, e que se junta assim aos programas e provas que a Quinta já oferecia aos visitantes. Preços a partir dos 25 euros

Herdade da Malhadinha

15 enoturismos para o verão | Unibanco

No coração do Alentejo, a Herdade da Malhadinha não tem só vinhos, mas um hotel, uma coudelaria e uma herdade agrícola em pleno funcionamento. Só que o vinho ocupa uma boa parte do coração dos donos da Malhadinha, ou não fossem eles a família Soares, da famosa garrafeira algarvia. Por isso, a altura é espacial por aqui e, como tal, também, vamos encontrar várias experiências ligadas ao vinho: desde uma simples visita à adega, por 12,5 euros, até ao programa Harvest Expert, de 6 dias e 5 noites, por 3680 euros. Pelo meio, uma prova cega de Monocastas (30 euros) ou um curso de Wine Expert, por 100 euros.

Soalheiro

15 enoturismos para o verão | Unibanco

Lá em cima, bem perto da fronteira com Espanha, em Monção e Melgaço, berço do Alvarinho, o Soalheiro dispensa apresentações. Mas talvez não dispense referirmos que celebra 40 anos, motivo mais do que suficiente para fazer uma visita – e uma degustação comemorativa de Alvarinhos, da gama atual e antigos. Depois, nada melhor do que ficar alojado no próprio enoturismo, a Casa das Infusões, acordar ao som da natureza e tomar um pequeno-almoço cheio de produtos regionais antes de partir à descoberta deste mundo verde, feito de vinhas cultivadas e tratadas quase como se fossem o jardim da casa de cada produtor. Para descobrir mais no site do Soalheiro, com preços a partir dos 65 euros para o alojamento e 12 para as provas.  

Quinta de Ventozelo

15 enoturismos para o verão | Unibanco

Sardinha de São João em escabeche, salada de tomate coração de boi do Douro, azeite QV, pão, azeitonas. Quinta de Ventozelo Malvasia 2020 e Azul de Ventozelo Branco. Rancho à moda de Viseu, Ventozelo Reserva Tinto e Quinta de Ventozelo Sousão 2021. Queijo e rabanadas de vinho do Porto Quinta de Ventozelo Late Bottled Vintage 2014. Este é o menu de almoço do programa de vindimas da Quinta do Ventozelo, uma das maiores do Douro, para desfrutar logo a seguir a vindima (o que implicou ainda andar na caixa aberta de uma velha Bedford) e antes de um passeio de barco pelo rio. Não há como escapar, e ainda por cima podemos ficar alojados num dos melhores hotéis do Douro.

Quinta do Portal, Casa das Pipas

15 enoturismos para o verão | Unibanco

No restaurante da Casa das Pipas, experimenta-se mesmo o conceito farm to table: tudo é local, tudo é da estação, tudo é fresco. A sustentabilidade é, aliás, um dos pilares desta Quinta do Portal, no Douro, que implementou um protocolo ambiental muito rigoroso. Com 12 quartos e diversos programas vínicos, é bom saber que a maioria deles inclui uma visita às caves, desenhadas por Álvaro Siza Vieira.

Por C-Studio / Cofina Media

Joana Limão: “Trabalho para ser feliz”

Joana Limão: “Trabalho para ser feliz”

A vida de Joana Limão não dava um filme, ainda é muito nova para isso. Mas tem tantos ingredientes (otimismo, alegria, boa comida…) que merece ser conhecida.
Ouvir