As 5 melhores novidades para montar a casa do futuro As 5 melhores novidades para montar a casa do futuro

As 5 melhores novidades para montar a casa do futuro

Ter uma casa inteligente era um privilégio apenas ao alcance de meia dúzia de Bill Gates, mas hoje tornou-se perfeitamente acessível ao comum dos mortais.


Publicado em 29-Nov-2021

As casas estão cada vez mais inteligentes, e todos os dias surgem novos gadgets capazes de comunicar consigo e entre si. Ajudam a tornar a casa mais automatizada, segura, confortável e limpa, com o máximo de conveniência, e o mínimo esforço da nossa parte. Por vezes até poupando dinheiro.

Ligar as luzes ou o aquecimento, tirar um café, atender a porta e colocar música a tocar em todas as divisões da casa são agora tarefas que podem acontecer de forma automática, mediante certas condições, ou passíveis de controlar remotamente – mesmo que esteja na China. Por isso, num mundo em que tudo virou “smart”, é um erro deixar a casa de fora desta revolução.

Robô Aspirador

As 5 melhores novidades para montar a casa do futuro | Unibanco

Os iRobot Roomba foram um dos primeiros produtos inteligentes e, na altura, muitos consideraram tratar-se apenas de uma distração engraçada. Afinal, provou-se que ter a casa sempre aspirada, sem precisar de mexer um dedo era, realmente, um descanso- Por isso, passados todos estes anos, por aqui continuam, com cada vez mais concorrentes à altura − e cada vez mais inteligentes. Uma dessas novidades foi a capacidade de se adaptarem automaticamente ao tipo de piso a aspirar, algo fundamental para ter bons resultados, e desviarem-se dos pequenos objetos deixados na divisão − porque as casas do mundo real costumam ser um pouco mais confusas do que nos anúncios. Além de fazer tudo isto, este Roomba 980 está com uma mega promoção. 

Som em todas as divisões

Os sistemas sem fios são a melhor forma de ouvir música e podcasts em todas as divisões da casa, da cozinha à casa de banho. Pode colocar a mesma música em todo o lado, ou uma canção diferente em cada espaço. Tudo controlado a partir de um smartphone. E quando Google e Amazon finalmente colocarem os seus assistentes a falar português aqui da Europa (supostamente estão ambos em fase avançada de testes), então serão também a melhor forma de controlar toda a casa inteligente com comandos de voz.
Outra grande vantagem é que não será necessário comprar todo um sistema, pode começar apenas por uma coluna (ou duas) e ir adicionando mais com o tempo. Os melhores exemplos – como é, sem dúvida, o caso da Sonos − oferecem ainda uma enorme qualidade de som e um set up simples e intuitivo.

Tomadas de parede mais inteligentes

As 5 melhores novidades para montar a casa do futuro | Unibanco

Estas tomadas são a melhor forma de tornar a casa mais inteligente com o menor investimento possível. Isto porque conseguem transformar qualquer eletrodoméstico já existente num ser mais inteligente e controlável remotamente – basta ligar à ficha. Depois pode ligar ou desligar o velhinho aquecedor elétrico a partir de qualquer lado, e até com a voz. Claro que tem as suas limitações por comparação com um aparelho dedicado (não pode, por exemplo, definir a temperatura), mas é um (pequeno) preço a pagar por não ter de trocar de eletrodomésticos.
Este pack da TP-Link Tapo P100 traz já quatro tomadas inteligentes, discretas, que permitem controlar qualquer dispositivo. Não necessitam de hub para funcionar, apenas a própria app dedicada, e são compatíveis com quase todas as aplicações de Smart Home, incluindo Alexa e Google: “liga a torradeira por favor”.
PS: o Google já pode ser controlado por voz num telemóvel, ainda que não nas colunas.

Luzes espertas

As luzes inteligentes são outro produto extremamente popular hoje em dia, e não há dúvida que é muito conveniente poder desligar as luzes que as crianças deixaram acesas até fora de casa, ou controlar as ditas, mesmo quando está de férias, dando a aparência de que está alguém em casa. Mais há outra boa razão, quem sabe, se não mais importante: o influência que a luz ambiente tem no nosso cérebro, que é extremamente sensível a estes inputs, e nunca vai descansar realmente se a luz estiver muito brilhante, nem ficar muito atento se for muito baixa ou quente. Um conjunto de luzes inteligentes permite-lhe controlar todas estas “emoções” criando esquemas de luz para acordar de uma forma mais suave, para trabalhar de dia ou relaxar à noite. Pode até definir um esquema de diminuição, para que o cérebro se vá desligando à medida que a luz baixa até se apagar…
Da Ikea à Philips, existem vários sistemas e marcas de luzes inteligentes, cada qual com a sua app, pelo que será conveniente optar por uma delas e não comprar uma lâmpada de cada nacionalidade. De qualquer forma, pode depois controlar toda a iluminação utilizando a Google Home ou Alexa.

Campainhas inteligentes

As 5 melhores novidades para montar a casa do futuro | Unibanco

Podíamos dizer que uma campainha inteligente faz basicamente o mesmo do que uma campainha normal − só que não. Para começar, estabelecem uma ligação de vídeo com o seu smartphone sempre que alguém tocar à porta, permitindo-lhe ver e falar como se estivesse do outro lado. Depois, permitem definir um alerta, para avisar sempre que alguém se aproxima a x metros da porta, mesmo que não toquem à campainha. No caso desta Arlo Doorbell é possível até fazer soar um alarme e avisar a polícia. Gravam imagens e têm uma qualidade visual sem paralelo, mesmo em condições de pouca luminosidade. Permitem utilizar o reconhecimento facial para identificar previamente quem toca e, a funcionar em conjunto com uma fechadura inteligente, abrir inclusivamente a porta remotamente. Poderão não ser a opção mais óbvia para quem vive num apartamento, num prédio, mas para uma casa são perfeitas.

O frigorífico que tudo controla

O que um frigorífico inteligente pode fazer por si? Para além de conservar os alimentos, obviamente?  No caso de escolher este Samsung Family Hub, ver o que está lá dentro, por exemplo, usando o vídeo interno sem necessidade de abrir a porta. Imagine que está num supermercado e já não se recorda se tem ovos? Pode usar o telemóvel e “espreitar”.
Quando um alimento se aproxima do fim da data de validade pode emitir um alerta (embora necessite que tenha inserido a data manualmente), e se está sem ideias para o jantar pode sugerir receitas com base no que tem guardado (aqui também, necessita da sua ajuda para saber o que existe). São funções que, além de práticas, permitem poupar dinheiro, como se percebe.
O ecrã é um centro de entretenimento, para passar música, replicar uma TV Samsung compatível, um ecrã do telemóvel android, deixar mensagens à família, controlar todos os eletrodomésticos inteligentes através da SmartThings da Samsung, ou ver quem está a tocar à porta enquanto cozinha.

Por C-Studio / Cofina Media