<em>Best buys</em> <em>Best buys</em>

Best buys

Os saldos chegaram e nada melhor do que comprar de uma forma inteligente de modo a preparar já a próxima estação.


Publicado em 16-Jul-2021 por Ana Campos, consultora e stylist de moda

Os desfiles para o próximo inverno aconteceram em fevereiro e março nas principais capitais da moda. Foi a segunda estação consecutiva na qual a indústria da moda teve de se reinventar e criar novas formas de apresentar as suas coleções, que passaram por filmes, desfiles sem audiência e até realidade virtual. Talvez por todas estas condicionantes as tendências são este ano mais funcionais, mais conscientes de um mundo que está em mudança e que se adaptam a todos os estilos, géneros e silhuetas.

Este poder de escolha levou a misturas de peças-chave em que o vestuário feminino se mistura com o masculino sem esquecer o romance e a magia que uma coleção de moda oferece, e deve ter.

A próxima estação foi apresentada com um mote de otimismo e festividade, talvez pela esperança que a vacina trouxe ao futuro. Assim, é quase um reflexo óbvio surgirem cores vivas como o vermelho, o amarelo ou, a grande novidade, o lilás. Esta expectativa também influenciou o uso de lantejoulas, que revestem quase todo o tipo de peças, antevendo horas de dança nas tão esperadas festas.

Os anos Swinging Sixties, da década de 60, também estão de volta à moda em 2021 e as minissaias são obrigatórias, assim como as transparências em oposição à pele e à ganga em tons de azul índigo-escuro.

Mas a influência do que vivemos neste último ano também marcou a passerelle, onde ficou provado que as malhas confortáveis em look total podem ser usadas em qualquer situação e não só dentro de casa. Esta vontade de voltar à rua e ao escritório também ficou expressa na maneira como as saias plissadas e de pregas são misturadas com casacos mais estruturados.

Fazer compras nos saldos é sempre aquele momento antecipado pela espera de que a roupa de marca de que gostamos esteja agora a preços mais acessíveis. Mas num mundo que também se quer consciente na sua sustentabilidade, evitando o desperdício, a temporada de saldos é também a altura perfeita para começar a preparar o armário para a estação que se segue sem gastar tanto.

Aqui estão as 10 tendências que marcaram os desfiles para o inverno 2021 e em que pode encontrar verdadeiros achados nos saldos deste verão. Inspire-se e faça boas compras.

1 – Malhas – A obsessão da estação que favorece uma silhueta confortável, mas nem por isso menos sexy.

2 – Pele – Um material que nunca se esgota, seja em coordenados clássicos ou mais punk.

3 – Brilhos – As noites de dança que estão para vir em tecidos metalizados ou revestidos a lantejoulas.

4 – Lilás – A nova cor de inverno que pode ser também usada em look total.

5 – Índigo – A ganga volta a ser mais escura, principalmente nas calças de corte direito.

6 – Vermelho – Um ícone de estilo mantém-se no próximo inverno, principalmente em blazers e calças.

7 – Transparências – A sensualidade do jogo entre mostrar e não mostrar, por vezes conseguida com sobreposições.

8 – Míni – As minissaias em linha A dos anos 60 marcam presença juntamente com as mais volumosas ou com pregas.

9 – Plissados – As saias regressam à ribalta, e embora continuem a ser usadas em momentos descontraídos, é nos looks formais que ganham destaque.

10 – Amarelo – O contraste de luz para os dias cinzentos de inverno pode ser usado em look total ou conjugado com cores neutras.

Nota: Todos os preços apresentados são os praticados em saldos.

Por C-Studio / Cofina Media