Fique em casa que o restaurante vai até si Fique em casa que o restaurante vai até si

Fique em casa que o restaurante vai até si

Fique em casa que o restaurante vai até si

Os melhores restaurantes com entregas em casa, para uma refeição especial, e mais alguns sites onde descobrir os melhores vinhos para acompanhar o repasto


Publicado em 14-Abr-2020

Uber Eats, Glovo, noMenu… Nunca estes serviços de entrega de refeições em casa andaram tão ocupados como agora, em que as salas de restaurantes estão fechadas, mas muitas pessoas continuam a comer “fora”, quer por falta de queda para a cozinha, quer por vontade de comer algo diferente.

A oferta é grande, felizmente, e se muita anda à volta das pizzas e hambúrgueres tradicionais, neste nosso menu vão encontrar também alguns dos melhores restaurantes que se souberam adaptar a esta nova situação:

Tasca da Esquina

Vítor Sobral foi um dos primeiros chefs nacionais a publicamente optar por manter os seus espaços abertos durante a pandemia. Assim, tanto na Tasca da Esquina como na Peixaria da Esquina (ou nas Padarias da Esquina) vai encontrar propostas como pernil de porco (Tasca) ou cataplana de bacalhau (Peixaria) em embalagens hermeticamente seladas. No caso das Padarias, as entregas estão disponíveis para encomendas mínimas.
Takeaway, Glovo, Uber Eats

Bairro do Avillez

José Avillez fechou a maioria dos seus espaços, mas manteve o seu Bairro aberto para encomendas em regime de takeaway na Rua da Trindade. Também existe serviço de entregas, gratuito para encomendas superiores a 100 euros ou com um custo de 10 euros. Neste caso, os pedidos serão entregues até ao fim do dia seguinte, pelo que convém planear a refeição com antecedência. O menu pode ser encontrado aqui.
Takeaway, entregas próprias

Compras online em segurança

Utilize o cartão UNIBANCO para pagar as suas encomendas online com total comodidade e segurança. Descubra mais aqui.

Taberna da Rua das Flores

Os grandes taberneiros da Rua das Flores continuam abertos e a ementa   ̶  que tradicionalmente podia ser lida escrita a giz num quadro   ̶   continua igual, só que desta vez para ser seguida nas redes sociais. De um cação de coentrada alentejano a umas tripas à moda do Porto, já sabe que é tudo delicioso.
Takeaway, Uber Eats

 Taberna de Macau

Dos mesmos responsáveis da Taberna das Flores chega-nos a Taberna de Macau, com comida típica da região. Uma das gastronomias de fusão originais, cujas influências se encontram algures entre a China, Portugal e a Índia, de onde partiu durante séculos a grande maioria dos funcionários portugueses que iam gerir o território. Se ainda não experimentou, faça-o já!
Takeaway, Glovo, Uber Eats

Casa da Comida

Comida tradicional portuguesa, num dos restaurantes tradicionais que melhor apostou na comida pronta para entrega. A oferta inclui até cabazes familiares para vários dias e embalagens 100% biodegradáveis. Pode descobrir o menu aqui.
Takeaway e Uber Eats

Olivia Burgers

O grupo que detém o Sea Me, Meat Me e Soão fechou vários restaurantes (o Soão mantém entregas via Uber Eats) mas criou, em alternativa e especialmente para este período, um restaurante de hambúrgueres gourmet só para delivery. Com opções vegetarianas, de frango, ou paladares mais asiáticos a juntarem-se às opções tradicionais. Uma hamburgueria diferente.
Uber Eats, Glovo

Prego da Peixaria

Os Pregos da Peixaria, sejam de carne ou de peixe, sempre em bolo de caco, são uma opção gastronómica genial ao longo do ano. E não há razão para que deixem de o ser em autoisolamento, até porque há várias Peixarias espalhadas pela cidade prontas a servi-lo.
Glovo, Uber Eats

Cantinho do Aziz

Há algum tempo que este restaurante típico moçambicano faz as delícias dos lisboetas, e se encomendar não tem o mesmo charme de comer a comida do Aziz (ou da chef Jeny Sulemange) naquele velho pátio ao Martim Moniz, pelo menos dá para matar saudades do makoufe, das chamuças ou do caril de caranguejo.
Glovo, Uber Eats

A Marmita

A Marmita nasceu para servir almoços nas empresas – daí o nome – por isso teve de se adaptar ao trabalho em casa. Foi muito fácil, a ementa muda semana a semana, há pratos desde os 4 euros e a encomenda pode ser feita até às 23h00 do dia anterior que é entregue entre as 9h00 e as 13h00 do seguinte. Só precisa de aquecer no micro-ondas.

E para acompanhar?

Agora que já lhe mostrámos onde encomendar a sua próxima refeição, que tal descobrir onde encontrar o vinho certo para a acompanhar? Sempre sem sair de casa, bem entendido. Fruto do confinamento, também as marcas de vinho foram lestas a adaptarem-se esta nova realidade, juntando-se assim às ofertas tradicionais das principais garrafeiras como a Adegga, Garrafeira Nacional, ou Estado Líquido.

Fique em casa que o restaurante vai até si | Unibanco

A José Maria da Fonseca (Periquita, DSF, JMF, BSE) também criou a sua loja online, e até oferece experiências de prova individuais comentadas passo a passo para alguns desses vinhos comprados  ̶  embora, como se compreenda, apenas para alguns premium selecionados.

Fique em casa que o restaurante vai até si | Unibanco

A Vinho em Casa, da Sogrape, oferece vinhos de norte a sul, fortificados e até espirituosos. A organização é muito simples e pode escolher por região, marca (Casa Ferreirinha, Quinta dos Carvalhais, Herdade do Peso ou Azevedo, por exemplo) ou por intervalo de preço.

Fique em casa que o restaurante vai até si | Unibanco

A Quinta Nova de Nossa Senhora do Carmo , no Douro, é outra marca de vinhos que agora permite a compra online. Pode comprar caixas de três ou seis vinhos de Pomares, Grainha, Quinta Nova e Mirabilis.

Fique em casa que o restaurante vai até si | Unibanco

Mais a sul, no Alentejo, a Herdade de São Miguel criou quatro packs especiais de venda, com preços que vão dos 27 euros (seis garrafas) aos 75 (três garrafas). E no centro é toda uma região que se promove na loja Rota da Bairrada. Produtos regionais e vinhos .

Finalmente, para terminar esta lista porque não queremos que esgote o stock de vinhos nacional como se fosse papel higiénico, deixamos-lhe o site do enólogo António Maçanita, que faz grandes vinhos no Douro, Alentejo e nos Açores, com a certeza de que a cada compra estará a ajudar, em 50%, a Cruz Vermelha). Aliás, a Vinho em Casa (que falámos em cima) também está a promover um espetáculo online com nomes como Miguel Araújo, Pedro Abrunhosa, César Mourão ou Carolina Deslandes. Quem disse que beber vinho não faz bem?

Fique em casa que o restaurante vai até si | Unibanco

Por C-Studio / Cofina Media