Como ter um orçamento mais flexível para estas férias? Como ter um orçamento mais flexível para estas férias?

Como ter um orçamento mais flexível para estas férias?

Como ter um orçamento mais flexível para estas férias?

Com estas 8 dicas vamos conseguir um milagre: esticar o dinheiro nas férias e assim poder, finalmente, gozar uns merecidos dias de descanso.


Publicado em 23-Jul-2021

Andamos a sonhar com umas férias em grande o ano inteiro, mas muitas vezes, quando chega finalmente a altura de as gozar, o orçamento familiar apenas contempla uns dias em pequeno. Despesas imprevistas ou projetos inadiáveis são muitas vezes os culpados, mas a verdade é que planear e poupar continuam a ser a chave para garantir uma maior flexibilidade do orçamento para as férias. Assim, para nos ajudar nesta tarefa, aqui ficam oito recomendações que pode adotar para conseguir ter férias sem arruinar o orçamento

1 Antecipe os gastos

O primeiro passo passa sempre por orçamentar as despesas que prevê ter durante as férias: deslocações, estadia, refeições, etc. A Microsoft oferece até um planeador, em Excel, previamente desenhado que pode usar.  
Ao mesmo tempo, deverá considerar uma margem para gastos extra, e o importante é ser flexível, como referimos no início do texto. Ou seja, caso gaste mais num dia poderá sempre compensar no seguinte.

Como ter um orçamento mais flexível para estas férias? | Unibanco

2 Esteja atento às promoções de última hora

Apesar da antecipação ser uma regra para conseguirmos encontrar os melhores preços, a verdade é que o contrário também pode acontecer. Muitos espaços apostam em descontos de última hora para atrair clientes e completar as suas reservas. Esteja atento a estas oportunidades, mas cuidado com as burlas online – opte sempre por plataformas de agendamento turístico da sua confiança.

3 Aposte no turismo nacional

Para além de ser uma opção mais em conta, é também uma forma de contribuirmos para a recuperação do turismo interno. Felizmente Portugal oferece opções turísticas para todos os gostos, desde as conhecidas praias do Algarve, até aos pontos de contacto com a natureza ou cidades e vilas históricas.

Como ter um orçamento mais flexível para estas férias? | Unibanco

4 Considere alojamentos low-cost

Uma boa forma de poupar será, certamente, a escolha do local para pernoitar. Se não procura grandes luxos opte por fazer uma pesquisa online por alojamentos locais, hostels ou residenciais. Em muitos locais poderá ficar surpreendido com a qualidade das opções.

5 Faça as refeições também em casa

Se optar por ficar alojado num apartamento poderá fazer muitas das suas refeições em casa, ou preparar o almoço e os lanches para comer na praia, ou noutra atividade ao ar livre. Desta forma pode gerir o orçamento com mais flexibilidade e fazer as refeições fora quando o orçamento permitir.

Como ter um orçamento mais flexível para estas férias? | Unibanco

6 Utilize meios de pagamento flexíveis

Se o custo do hotel for superior a 300 euros, por exemplo, pode pagar com o cartão Atitude e tirar partido das vantagens que oferece, incluindo o fracionamento do pagamento sem juros, para que não tenha de suportar o valor total de uma só vez, ou a opção de cashback, onde pode receber de volta, no cartão, uma percentagem do valor das compras realizadas.

7 Tire partido dos novos meios digitais

No caso das despesas mais pequenas considere recorrer também à conta digital Unibanco, que pode movimentar com um cartão virtual no seu smartphone Nem precisa de levar a carteira consigo para pagar, o que é muito conveniente em período de férias. Como se trata de um pré-pago recarregável, este cartão permite-lhe ainda ter um maior controlo sobre os gastos diários, enquanto a app Unibanco permite-lhe gerir, ao minuto, todos os seus gastos. Ter uma ideia clara do panorama permite poupar muitos dissabores no regresso a casa.

Como ter um orçamento mais flexível para estas férias? | Unibanco

8 Peça ajuda aos seus amigos

É muito provável estar a ponderar viajar para um local onde um amigo ou um familiar já esteve. Conversar com eles permite-lhe ficar a conhecer melhor o local, os sítios mais económicos para pernoitar, comer ou ir às compras, tal como descobrir os circuitos turísticos a não perder. É uma vantagem competitiva que não deve desperdiçar.

Por C-Studio / Cofina Media