Quiz: sabe o que pode fazer para ajudar a salvar os oceanos? Quiz: sabe o que pode fazer para ajudar a salvar os oceanos?

Quiz: sabe o que pode fazer para ajudar a salvar os oceanos?

min de leitura

Vamos testar os conhecimentos sobre os oceanos e descobrir algumas coisas simples que todos podemos fazer, este verão, para ajudar a salvar o planeta


Publicado em 16-Ago-2022

Não é por acaso que o planeta é azul. Os oceanos ocupam dois terços da sua superfície e produzem mais de metade do oxigénio, sendo ainda o seu maior regulador do clima e da temperatura. E Portugal, claro, é basicamente oceano, já que mais de 95% do nosso território é constituído por mar.

Infelizmente, devido a causas que podemos atribuir exclusivamente à ação humana, 90% das populações de peixes estão esgotadas e 50% dos recifes de coral já desapareceram, impedindo os oceanos de se regenerarem e de continuarem a produzir um habitat saudável para as espécies que nele habitam. Tornou-se imprescindível agirmos em conjunto para ajudar a salvar os oceanos e, com eles, toda a vida no planeta.

Preparamos assim este pequeno quiz, para testar o que já sabem sobre os nossos mares e, talvez, descobrir algumas formas de contribuir para a solução:

Cerca de 30 a 50% de todo o dióxido de carbono libertado pela atividade humana na última década foi absorvido por:

Correct! Wrong!

Os oceanos são o principal motor de retenção de CO2 e o principal travão do aquecimento global. No entanto, muitas dessas reservas estão aprisionadas em “bolsas”, nos fundos marinhos, e os cientistas têm vindo a alertar para o facto do aquecimento dos oceanos estar a provocar o seu desaparecimento, criando, assim, um problema ainda maior.

As principais causas da poluição dos oceanos são...

Please select 2 correct answers

Correct! Wrong!

Se respondeu sim às duas primeiras está correto(a). A sobrepesca – a par com a mineração− são as atividades mais nocivas para a vida nos oceanos, desde logo ameaçados pelas cerca de 11 toneladas de plástico que ali são despejadas todos os anos. Por isso as ações de recolha de lixo nas praias são tão importantes.

Quantas palhinhas de plástico podemos usar por dia?

Correct! Wrong!

Considerando que as palhinhas demoram cerca de 200 anos a decompor-se, e a maioria não é biodegradável, o uso de palhinhas deve ser totalmente eliminado à escala global. Ao contrário do que sucede atualmente em que oito a 12 milhões de toneladas ainda acabam nos oceanos.

À medida que o oceano aquece e o nível das águas do mar sobe…

Correct! Wrong!

Águas mais quentes, e a consequente subida do nível do mar, destroem as linhas costeiras e as barreiras protetoras naturais, levando assim ao desaparecimento das praias e à necessidade de deslocar as populações.

Entre dois produtos similares, qual devemos escolher?

Correct! Wrong!

Certamente que o preço é um fator a levar em conta, mas valerá a pena apostar no produto com a embalagem de cartão, que é muito mais facilmente reciclável. Enquanto consumidores temos uma influência enorme no sentido de obrigar as empresas e as lojas a reduzirem o consumo de plástico. Devemos, por isso, comprar sempre produtos com o mínimo de embalagem, dar preferência às lojas que vendam a peso e utilizar embalagens reutilizáveis.

Quando chove podemos:

Correct! Wrong!

Ao reduzirmos o nosso consumo de água estamos a diminuir as descargas de águas residuais par o mar. Devemos, por isso, encontrar formas de preservar a água, desligando a torneira ao lavar os dentes, por exemplo, e sempre que não está a ser utilizada.

É fundamental fazer uma correta separação do lixo, para que este não acabe nos oceanos. Mas o que deve ser colocado em cada contentor?

Correct! Wrong!

A maior parte do lixo marítimo provém de aterros genéricos e chega ao mar através dos rios, e é por essa razão que é tão importante fazer uma correta gestão no nosso lixo doméstico.

Quando o seu cartão de crédito expira o que deve fazer:

Correct! Wrong!

É surpreendente, mas cada cartão lança, aproximadamente, 150 gramas de CO2 na atmosfera. Todos somados são uma causa importante de acidificação dos oceanos, o que levou à criação de um movimento que contribuísse para solucionar o problema de uma forma ambientalmente responsável, conseguindo reciclá-los e compensando mesmo a sua pegada de carbono. A rede Unicre aderiu desde a primeira hora a este projeto, sobre o qual pode saber mais em merece.pt

É necessário lavar as embalagens antes de as colocar no ecoponto amarelo?

Correct! Wrong!

Conclusão: não é necessário desperdiçar mais água para tomar a atitude certa e reciclar corretamente as embalagens.

A melhor dieta para o meio ambiente deve ser:

Correct! Wrong!

Hoje em dia sabemos que um quilo de carne de vaca produz 60 quilos de gases com efeito de estufa. São 120 vezes mais que cenouras ou batatas. Um quilo de peixe de aquacultura emite cinco quilos e cada quilo de peixe selvagem produz três. Valores consideravelmente menores do que a carne de vaca. Por outro lado, não nos podemos esquecer que a sobrepesca é um problema muito grave para a biodiversidade marítima, e que a maior parte dos peixes apresentam já valores anormalmente altos de contaminantes. A Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura recomenda mesmo que mulheres grávidas ou lactantes limitem o seu consumo. Ou seja, hoje em dia uma dieta saudável deve ser maioritariamente constituída por produtos de origem vegetal.

Não se esqueça:

Salvar os oceanos tornou-se imperativo e, para além de tudo o que os Estados ou as grandes empresas podem fazer, existem pequenos gestos que qualquer um pode tomar no seu dia a dia. Dar realmente importância à reciclagem, por exemplo, reduzir o nosso lixo, poupar água, diminuir o consumo de poluentes, como os detergentes para a roupa, ou consumir menos peixe e mais vegetais. Serão pequenos gestos, é verdade, mas que multiplicados por milhões ou biliões de pessoas terão um impacto decisivo na saúde dos oceanos. E estas, pelo menos, só dependem de nós.

Pode ainda seguir estas 10 dicas para levar uma vida mais sustentável e, não se esqueça, na hora de eleger o protetor solar escolha um que não tenha um impacto negativo sobre os corais.

Por C-Studio / Cofina Media

Joana Limão: “Trabalho para ser feliz”

Joana Limão: “Trabalho para ser feliz”

A vida de Joana Limão não dava um filme, ainda é muito nova para isso. Mas tem tantos ingredientes (otimismo, alegria, boa comida…) que merece ser conhecida.
Ouvir