Os melhores filmes de Natal para ver em família Os melhores filmes de Natal para ver em família

Os melhores filmes de Natal para ver em família

Ficar em casa também tem coisas boas. Como recuperar a tradição de ficar no sofá a ver filmes de Natal, uma maneira infalível de entrar no espírito da época. Todos os clássicos e novidades estão à distância de um comando…


Publicado em 14-Dez-2020

Jingle Jangle: A Christmas Journey 

Realizado por David E. Talbert, com banda sonora original de John Legend, Philip Lawrence, Davy Nathan, Usher e Kiana Ledé, Jingle Jangle: A Christmas Journey ou, em português, Uma Invenção de Natal é uma das grande estreias Netflix para esta época. O filme tem todas as características de um conto de Natal perfeito: um fabricante de brinquedos (Forest Whitaker) que encontra uma nova esperança quando a sua gentil e curiosa neta entra na sua vida.
Para ver na Netflix

A Princesa Volta a Ser Plebeia

Vanessa Hudgens está de regresso assim como as suas duas personagens sósias Margaret e Stacy, a princesa e a plebeia. Dois anos passados, Belgravia está de regresso com a magia natalícia que caracteriza este reino imaginário, escondido entre as montanhas. Stacy e Edward casaram, mas sempre afastados pelos inúmeros compromissos reais que preenchem a agenda de ambos, Margaret está prestes a ser coroada rainha e Kevin regressou a Chicago. Quando a amiga plebeia viaja para assistir à cerimónia da coroação de Margaret leva consigo Kevin e decidem voltar a trocar de lugar. Só que desta vez, há uma terceira sósia, a arrogante prima de Margaret, Lady Fiona, que vem tentar usurpar o trono. 
Para ver na Netflix

Lego Star Wars: Especial Boas Festas

O primeiro Natal celebrado no universo Star Wars foi em 1978, no “Star Wars Holiday Special”, precisamente onde este novo filme vai buscar inspiração. A história começa com os heróis da nova trilogia no planeta Kashyyyk, prontos para celebrar o Dia da Vida com a família de Chewbacca. Enquanto os seus amigos prepararam a celebração do Dia da Vida, Rey parte com BB-8 à busca do conhecimento da Força. Num misterioso templo Jedi é impelida para uma aventura através de vários momentos icónicos da narrativa Star Wars, cruzando-se com Luke Skywalker, Darth Vader, Yoda, Obi-Wan e outras personagens e vilões dos nove episódios da saga. No final, será que regressa a tempo de comemorar o ‘Life Day’ e aprender o verdadeiro significado do espírito festivo?
Para ver no canal Disney +

O Desejo de Natal de Ângela

Natal que é Natal conta com a estreia de um filme de animação. É o caso de O Desejo de Natal de Ângela. Baseado nos personagens do conhecido livro infantil de Frank McCourt (Vencedor do Prémio Pulitzer pelas memórias de Angela’s Ashes), esta é a segunda parte da “história comovente” de uma menina que tem o pai a trabalhar na Austrália e põe em marcha um plano (e pede um comovente desejo) para reunir a sua família a tempo do Natal.
Na Netflix

Klaus

O primeiro filme de animação da Netflix nomeado para um Óscar conta a história da amizade improvável entre um carteiro egoísta e um solitário fabricante de brinquedos vai levar alegria e entusiasmo ao lugar mais frio, sombrio e infeliz do mundo. Uma nova versão da história do Pai Natal, foi o grande filme de Natal do ano passado, e pode dizer-se que vai passar a fazer parte dos clássicos da época festiva. Se não viu, esta é a melhor das oportunidades.
Na Netflix

Crónicas de Natal 2

Os dois irmãos Kate (Darby Camp) e Teddy Pierce (Judah Lewis) que há dois anos salvaram o Natal estão de volta, mas agora Kate é adolescente e não está nada feliz por passar o Natal em Cancún com o novo namorado da mãe e o filho dele, Jack (Jahzir Bruno). Frustrada com os novos membros da família, Kate decide fugir e acaba na mágica e maravilhosa aldeia do Pai Natal (Kurt Russell) e da Mãe Natal (Goldie Hawn), onde um elfo malcomportado tem um plano para acabar com o Natal.
Para ver na Netflix

Amor com data marcada

Mais adulto, mas não muito sério,  Amor Com Data Marcada conta a história de Sloane (Emma Roberts), uma jovem que gosta de sua vida de solteira, acreditando não precisar de namorado. Jackson (Luke Bracey) é um solteiro divertido que foge de relacionamentos. Fartos de estarem solteiros nas épocas festivas, os dois desconhecidos cedem à pressão familiar e fazem um acordo: ser par um do outro em ocasiões especiais, mas acabam por desenvolver sentimentos inesperados.
Disponível na Netflix

O Homem que Inventou o Natal

Com Dan Stevens, Christopher Plummer, Jonathan Pryce, esta é mais uma versão diferente de uma das maiores obras de sempre da literatura mundial: Um conto de Natal, de Charles Dickens. Ou melhor, conta a história de como o célebre escritor ainda jovem encontrou inspiração nos acontecimentos do dia-a-dia para criar o mais famoso conto de Natal de sempre, incluindo o avarento Sr. Scrooge e os espíritos do Natal Passado, Presente e Futuro.
Disponível na HBO

A Christmas Carol

Não é um filme, mas uma minissérie da BBC que também adapta Um Conto de Natal de Charles Dickens. Composta por três episódios, é uma versão mais sombria deste famoso clássico do Natal. Estreou em dezembro passado, mas se não viu esta é uma óptima altura para fazê-lo.
Para ver na HBO

Do Céu Caiu uma Estrela

Do Céu Caiu uma Estrela, realizado em 1946 por Frank Capra, tornou-se um dos grandes clássicos dos filmes natalícios devido à sua mensagem de amor e de esperança. Intitulado originalmente It’s a Wonderful Life, conta a história de George Bailey (interpretado por James Stewart), um homem que toda a vida se preocupou em ser justo, honesto, solidário e bom, chegou ao limite das suas forças mentais, físicas e financeiras. Está mesmo à beira de perder tudo o que tem e deixar a família na miséria a menos que se produza um milagre nesse Natal. Assim, na véspera de Natal, está à beira do suicídio, atirando-se de uma ponte, mas é impedido de fazê-lo por Clarence (Henry Travers), seu anjo da guarda, que lhe mostra como seria a vida da sua família e da sua cidade se Bailey nunca tivesse existido.
Disponível no Vimeo

As Crónicas de Nárnia

Outro clássico do Natal, embora muito mais recente, é a trilogia de As Crónicas de Nárnia. A história começa durante os bombardeamentos de Londres, durante a Segunda Guerra Mundial, quando quatro irmãos ingleses são enviados para uma casa de campo. Lá deparam-se com um armário mágico que é a porta de entrada para um reino dominado por uma feiticeira malvada. A chegada das crianças e o regresso do poderoso Aslan, o Leão criador de Nárnia, trazem a luz, o calor e a coragem que os habitantes de Nárnia precisavam para pegar em armas e lutar pela justiça. Uma história mágica que celebra os valores da verdade, da justiça e da amizade.
Disponível na Disney +

Natal Sempre Encantado

A SIC já anunciou a programação de mais um “Natal Sempre Encantado”. Os mais novos vão ter oportunidades de ver ou rever vários filmes de animação como “Smurfs: A Aldeia Perdida”, “The Boss Baby”, “A Vida Secreta dos Nossos Bichos”, “Hotel Transylvania 3: Umas Férias Monstruosas”, “Trolls”, “A Estrela de Natal”, “Smallfoot: Uma Aventura Gelada”, “Carros 3” e “Frozen: O Reino do Gelo”. Com personagens de carne e osso, entre os destaques de dezembro estão “Beethoven” e as estreias de “Mundo Jurássico: Reino Caído”, “Liga da Justiça”, “Astérix e Obélix: Ao Serviço de Sua Majestade”, “Mamma Mia: Here We Go Again!” e “Monstros Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald”.
Para ver na SIC

Por C-Studio / Cofina Media