Dia Mundial do Ambiente: 5 hábitos (mais 1) para ajudar a salvar o Planeta Dia Mundial do Ambiente: 5 hábitos (mais 1) para ajudar a salvar o Planeta

Dia Mundial do Ambiente: 5 hábitos (mais 1) para ajudar a salvar o Planeta

Comemora-se amanhã, dia 5 de junho, o Dia Mundial do Ambiente, e que esta data sirva de mote para adotarmos atitudes mais sustentáveis. A mudança começa aqui.


Publicado em 04-Jun-2021

Por todo o lado, o Dia Mundial do Ambiente é assinalado com iniciativas de proteção ambiental, procurando sensibilizar a população para a preservação do Planeta. Trata-se, sem dúvida, do maior desafio que a humanidade alguma vez enfrentou e a luta, por enquanto não implica a adoção de grandes sacrifícios – só não pode continuar a ser adiada. Assim, se daqui por alguns anos alguém lhe perguntar o que fazia para salvar o planeta, já sabe o que vai responder?

1 Fugir do plástico como o diabo da cruz

Conhece os números – e se não, fica agora a saber: Estima-se que entrem anualmente nos oceanos entre 5 a 13 milhões de toneladas de plástico. Em 2050, ou provavelmente antes, existirá mais plástico do que peixe nos mares. Plástico que vive em ilhas gigantes, muitas, muitas vezes maiores do que o tamanho de Portugal. Que se degrada em pedaços microscópicos, entra na cadeia alimentar e, provavelmente, em cada um de nós. Os efeitos são devastadores e não há medidas eficazes para solucionar o problema enquanto mantivermos esta economia baseada no plástico descartável. Como ajudar? É fundamental, primeiro, evitar ao máximo as embalagens e os sacos de plástico em todas as compras. Parar o tsunami. Prevenir o consumo é muito mais importante do que reciclar, acredite.

Dia Mundial do Ambiente: 5 hábitos (mais 1) para ajudar a salvar o Planeta | Unibanco

2 Laranjas em fevereiro, uvas em julho

É assim tão difícil esperar pela época certa para comer fruta? Precisamos mesmo de comer uvas durante os meses de inverno? Ou qualquer fruta fora de época? Até porque são quase sempre de qualidade inferior, pouco sabor, e deram meia-volta ao mundo para chegarem a um supermercado perto de si. Comer fruta assim não é certamente saudável o meio ambiente, e o prazer será muito maior para quem aguardar e comer fruta colhida localmente.
Deixamos-lhe ainda este calendário agrícola da Pro Teste, que não só indica a época certa de cada fruta e legume, como também ajuda na escolha e informa dos benefícios.

Dia Mundial do Ambiente: 5 hábitos (mais 1) para ajudar a salvar o Planeta | Unibanco

3 Dieta equilibrada

Não precisamos de virar vegetarianos, mas a verdade é que o mundo ocidental como demasiada carne e demasiado peixe. E nenhuma das duas produções é muito saudável para o planeta. Em 2018, a Greenpeace estimou que 14,5% de todos os gases de efeito estufa provinham da indústria pecuária, que ocupa entre 75% e 80% dos terrenos agrícolas de todo mundo. A mesma percentagem, mas destinada ao cultivo de vegetais, permitiria alimentar mais 4 mil milhões de pessoas do que este modelo.
Quantas às pescas, recomendamos a visualização do documentário Seaspiracy, na Netflix, ou todos os alertas emitidos pela ONU, incluindo pelo próprio Secretário-Geral, António Guterres, contra os riscos da pesca atual.
Como alternativa surgem, então, os vegetais, mais baratos, mais saudáveis e que cujo cultivo consome muito menos recursos. Trata-se de uma situação de clara vantagem… desde que se tenha atenção ao ponto número 2.

4 No poupar é que está o ganho

Este será, provavelmente, o maior segredo para adotar um consumo consciente: poupar na energia, desligando as luzes das divisões onde ninguém está ou evitando fazer máquinas (roupa, loiça…)  antes de estarem completamente cheias. Outras pequenas mudanças estão em fechar a torneira enquanto lava as mãos ou tomar banhos mais curtos. Sabia que também pode poupar com o seu automóvel? E não apenas através do combustível? Uma decisão amiga do ambiente é manter o seu carro e não trocá-lo com grande periocidade.
Acima, de tudo, antes de realizarmos qualquer compra, deveríamos questionar-nos: “preciso realmente disto”? Quanto menos produtos consumir, menos recursos utilizados para os produzir.   

Dia Mundial do Ambiente: 5 hábitos (mais 1) para ajudar a salvar o Planeta | Unibanco

5 Quando compra, há uma escolha acertada

Nem todas as noticias são más. O caso das lâmpadas LED é sintomático, tal como a classificação energética dos eletrodomésticos, que nos permite identificar os de menor consumo. Um bom isolamento em casa é essencial para reduzir o consumo energético, faça chuva ou faça sol, e existem diferentes opções naturais para lavar a casa, a roupa e até para a nossa higiene pessoal. A moda oferece diversas peças mais sustentáveis, e algumas pode até acompanhar aqui ou aqui. Em quase todos os domínios existem opções mais amigas do ambiente, e é fundamental dar prioridade a estes produtos.

Dia Mundial do Ambiente: 5 hábitos (mais 1) para ajudar a salvar o Planeta | Unibanco

+1 Pense diferente, o Unibanco ajuda

Mesmo nas situações menos óbvias podemos contribuir para ajudar a preservar o nosso planeta: como é o caso dos cartões Unibanco, produzidos a partir de PVC degradável, que vieram substituir os habituais cartões de plástico – com óbvias vantagens para o meio ambiente. A nova Conta Digital, que funciona via APP, vai ainda mais longe uma vez que é 100% digital e evita deslocações desnecessárias bem como reduz o uso de papel. Além disso, emite automaticamente um cartão virtual que permite aos clientes receber e enviar dinheiro, fazer pagamentos, realizar compras online e em lojas físicas, quer em Portugal como no estrangeiro. Tal permite dispensar os cartões físicos, ainda que quem o pretender pode obviamente requisitar um – gratuitamente e no tal pvc degradável.
É claro que ainda há muito a fazer para tentar ajudar a salvar o planeta. Que este 5 de junho seja o início da mudança.

Dia Mundial do Ambiente: 5 hábitos (mais 1) para ajudar a salvar o Planeta | Unibanco

Por C-Studio / Cofina Media