8 filmes para levantar o espírito e nos fazer sentir melhor 8 filmes para levantar o espírito e nos fazer sentir melhor

8 filmes para levantar o espírito e nos fazer sentir melhor

8 filmes para levantar o espírito e nos fazer sentir melhor

Aqueça o seu coração empedernido e acredite num amanhã muito melhor com estes filmes muito bem-dispostos.


Publicado em 18-Mar-2021

La La Land: Melodia de Amor

Já se passaram quatro anos desde a estreia, mas a capacidade de inspirar todos aqueles que sonham com o impossível permanece intocada. Quem sabe, se não mais relevante ainda… La La Land é uma comédia musical romântica, superiormente realizada por Damien Chazelle e interpretada por Emma Stone e Ryan Gosling. Representando ela a típica história de Hollywood, ou seja, a empregada de mesa que quer ser uma estrela mundialmente famosa. Já ele é um pianista virtuoso que sonha ter o seu próprio bar para dar largas à paixão pelo jazz. Um dia, os seus caminhos cruzam-se e… Disponível no videoclube.

Em Busca da Felicidade

Pai e filho têm muito pouco a que se agarrar, para além do amor que os une e a esperança em dias melhores. E depois do pai perder o emprego e a casa, bem precisam. Uma história de perseverança ainda mais moralizadora se pensarmos que é baseada numa história verídica, e que a personagem na vida real é hoje encarada como um exemplo de sucesso. Destaque ainda para a atuação em família, com Will Smith no papel principal, e o seu filho, Jaden Smith, a estrear-se na representação. Tinha então 6 anos apenas. Disponível no videoclube.

Amor e uma estalagem

Quando se fecha uma porta abre-se…. uma estalagem. Pelo menos foi o que aconteceu a Gabriela Diaz (Christina Milian), de São Francisco, que na mesma semana vê a sua empresa de design ir à falência e a sua relação amorosa às urtigas, contudo inscreve-se num concurso e ganha uma estalagem na Nova Zelândia. Claro que depois de se mudar para o outro lado do mundo descobre que a estalagem está uma lástima, mas para tudo há solução. E que solução! O bem-parecido (os elogios nas redes sociais costumam ser mais efusivos) empreiteiro Jake (Adam Demos) surge para ajudar. Todos os clichés imagináveis numa comédia romântica tão tonta que é impossível não sair bem-disposto. Disponível na Netflix.

Uma família à beira de um ataque de nervos

Em 2006, esta carrinha pão de forma transportando os seis membros da família Hoover a caminho da Califórnia fez um enorme sucesso. O objetivo era levar a mais nova, a pequena Olive, de sete anos, ao concurso de beleza Little Miss Sunshine. Só que os Hoover eram tudo menos uma família normal e é por isso que o filme é uma comédia tão divertida e inteligente. E boa parte da piada está na forma como ultrapassam diferenças, problemas e medos numa viagem de união. O filme é mesmo um pequeno raio de sol – politicamente incorreto. Disponível na HBO.

Comer, orar, amar

Neste filme, Julia Roberts oferece-nos uma interpretação tão brilhante que vai deixar quase toda a gente com vontade de largar tudo e partir em viagem por esse mundo fora. Assim que as fronteiras reabrirem, bem entendido. Até lá podemos acompanhar as aventuras de Liz Gilbert, a sua personagem, de Itália para a Índia e Bali, numa verdadeira viagem de (auto)descoberta. Disponível no videoclube.

O Amor acontece

Mais uma comédia romântica. Ou, neste caso oito comédias românticas num único filme, descritas com humor, inteligência e ternura. Do primeiro-ministro inglês (Hugh Grant) apaixonado pela jovem assistente à doméstica portuguesa por quem o empregador, um famoso escritor, se apaixona. A nossa Lúcia Moniz e Colin Firth. Um cartaz recheado de estrelas em que cabem nomes como os de Laura Linney, Emma Thompson, Liam Neeson, Alan Rickman ou Keira Knightley, entre muitos outros. Cheio de charme britânico, o filme promete aquecer mesmo os corações mais pessimistas. Na HBO.

A Viagem dos Cem Passos

Um filme absolutamente encantador que retrata a odisseia dos Kadam, uma família de indianos refugiada numa pequena aldeia francesa. Desde sempre ligados à culinária, os Kadam decidem abrir um restaurante estilo Bollywood a apenas cem passos de um muito sofisticado, tradicional e elegantíssimo restaurante de alta-cozinha francesa galardoado com uma estrela Michelin. A sua proprietária, Madame Mallory, está decidida a expulsar os forasteiros, e tudo se agudiza quando percebe que Hassan, o filho mais velho dos Kadam, é um talento natural. Mas são mesmo estes opostos que se vão atrair e tudo termina numa fusão culinária de nos deixar com fome de vida. No videoclube.

A Vida é Bela

Essencialmente, o filme gira à volta da inteligência, do bom humor, da arte e do amor de um pai que procura esconder os horrores da vida num campo de concentração na Itália fascista. A Vida é Bela foi realizado e interpretado por Roberto Benigni, no papel de um judeu dono de livraria, e consegue ser ao mesmo tempo uma deliciosa comédia dramática – daquelas que nos vão deixar com uma lágrima no canto do olho, mas também uma sorriso de orelha a orelha. Na HBO.

Conte com o UNIBANCO

Tire partido das vantagens de pagar as suas subscrições online com o cartão UNIBANCO e faça a gestão de todos os seus pagamentos em tempo real na APP.

Por C-Studio / Cofina Media